PESQUISAR

Deus vem a público. Vol 1.

REF.:0010080000036

4 em stock
Entrega no dia útil seguinte!

28,01 IVA inc.

Quantidade

Ficha Técnica

Título: Deus vem a público. Entrevistas sobre a transcendência (vol.1)
Autor: António Marujo
Ano de edição ou reimpressão: 2011
Editora: Pedra Angular
Idioma: Português
Dimensões: 155 x 230 x 5 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 480
Peso: 490g
ISBN: 9789899711914

Sinopse

A forma de dizer o nome de Deus foi sempre plural. A pluralidade de olhares é uma marca destas entrevistas, que reflectem diferentes palavras e modos diversos de olhar o mistério insondável a que se chama Deus. E que tanto podem provir de um cristão católico ou protestante, de uma muçulmana ou de um judeu, de um budista ou um não-crente.

Nelas se debatem cortinas de dogmas que por vezes tolhem a possibilidade de um debate sério e mais rico sobre muitas das questões que a Deus e à humanidade dizem respeito. Ou revela-se o espantoso empenhamento radical de mulheres e homens na construção de uma «parábola de comunhão» para a casa comum da família humana. Ou ousa-se propor novos horizontes aos modos de olhar. As entrevistas foram inicialmente publicadas no Público (em alguns casos, apenas em versões reduzidas) que, desde a fundação, «deu uma atenção moderna e esclarecida ao noticiário religioso», como um dia escreveu Eduardo Prado Coelho.

O facto de estes textos serem agora reunidos muito fica a dever a essa atitude fundadora e à concretização que António Marujo lhe imprimiu. António Marujo é jornalista do Público desde 1989, tendo-se dedicado no jornal às questões religiosas. Venceu por duas vezes (1995 e 2006) o prémio de jornalismo religioso na imprensa não-confessional, instituído pela Fundação Templeton e Conferência das Igrejas Europeias. É autor ou colaborador de vários livros.

Sobre o autor

António Marujo nasceu em 1961, escreve no blogue Religionline.

Desde 2013, colabora com vários meios de comunicação, depois de ter saído do Público, onde esteve desde a fundação do jornal, em 1990, ocupando-se da informação religiosa. Antes disso, passou pelos programas Toda a Gente É Pessoa (Antena 1) e Setenta Vezes Sete (RTP), semanário Expresso, revista Cáritas (1986-89) e Diário de Lisboa (1989). Distinguido em 1995 e 2006 com o Prémio Europeu de Jornalismo na Imprensa Não – -Confessional (da Conferência das Igrejas Europeias e Fundação Templeton), tem também publicado livros (alguns dos quais em co-autoria), como A Senhora de Maio, A Lista do Padre Carreira, Francisco – Pastor Para Uma Nova Época, Lugares do Infinito (guia de mosteiros com hospedaria), O Coração da Igreja Tem de Bater (entrevista com J. Carreira das Neves), Deus Vem a Público e Diálogos com Deus em Fundo (com entrevistas a pensadores religiosos contemporâneos, antologiados em Espanha em Diálogos con Dios de Fondo)

Também pode gostar…

Back to Top