Pesquisar produto

Conhece-te a ti mesmo

Ref.:0010070000133

1 em stock
Entrega no dia útil seguinte!

16,00 IVA inc.

Ficha Técnica

Título: Conhece-te a ti mesmo
Autor: Pedro Abelardo
Ano de edição ou reimpressão:
2013
Editora: Edições Afrontamento
Idioma: Português
Dimensões: 145 x 222 x 25 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 218
Peso: 409g
ISBN: 9789723613520

Sinopse

 

Edição Bilingue Português / Latim

Abelardo (c. 1079 – 21 de abril de 1142), genial e provocador, foi o mais brilhante filósofo e teólogo do século XII, século de descoberta e renascimento. Poeta e trovador, é sobretudo um mestre que atrai alunos de toda a parte, amante da bela eerudita Heloísa. Esta vida itinerante e aventurosa é-nos parcialmente conhecida pela carta a um amigo em que se queixa de infortúnios sucessivos, texto que inaugura o género autobiográfico. Émulo de Aristóteles, como a si mesmo se apresenta, foi como mestre de lógica que mais se ilustrou, defendendo um não-realismo acerca dos universais, pelo que é considerado precursor do nominalismo.

A Ética ou Conhece-te a ti mesmo, concluída por volta de 1138, recupera a herança antiga e socrática para o interior da moral e da teologia cristãs, distingue–se sobretudo pela exigência de racionalidade e fundamentação filosófica. Para Abelardo, nem as inclinações naturais nem qualquer ato são, em si, pecaminosos: apenas o consentimento e a intenção do agente atestam do valor moral de uma ação. Esta e outras teses teológicas constaram da lista de heresias que, no Concílio de Sens em 1141, levarão à sua excomunhão e à condenação das suas obras.

Sobre o autor

Abelardo (c. 1079 – 21 de abril de 1142), genial e provocador, foi o mais brilhante filósofo e teólogo do século XII, século de descoberta e renascimento. Poeta e trovador, é sobretudo um mestre que atrai alunos de toda a parte, amante de bela e erudita Heloísa. Esta vida itinerante e aventurosa é-nos parcialmente conhecida pela carta a um amigo em que se queixa de infortúnios sucessivos, textos que inaugura o género autobiográfico.

Voltar ao topo