PESQUISAR

O Cristianismo. Essência e História

REF.:0010030000469

1 em stock
Entrega no dia útil seguinte!

24,40 IVA inc.

Ficha Técnica

Título: O Cristianismo. Essência e História
Autor: Hans Küng
Ano de edição ou reimpressão: 2016
Editora: Temas e Debates
Idioma: Português
Dimensões: 155 x 240 x 40 mm
Encadernação: Capa dura
Páginas: 848
Peso: 1200g
ISBN: 9789896442026

Sinopse

«Mas o que é afinal “o cristianismo”? O cristianismo existirá de facto? Não se nos apresentarão antes uns cristianismos diferentes: o cristianismo ortodoxo oriental, o cristianismo católico romano, o cristianismo reformado protestante, para já não falar dos diferentes cristianismos das Igrejas livres e das inumeráveis seitas e grupúsculos cristãos?

Reconheçamo-lo antes de mais: a interrogação sobre o que é o cristianismo desperta em toda a parte sentimentos deveras contraditórios. Quantas coisas se depositam na rubrica “cristianismo”! Alguns cristãos são os primeiros a sentir um profundo mal-estar. Quantas instituições, partidos e ações, quantos dogmas, legislações e cerimónias ostentam todos o rótulo “cristão”! Ao longo da história, o que é cristão tem sido tantas vezes descurado, banalizado, traído! […] E no entanto, mais ainda que o judaísmo, o cristianismo permaneceu uma força espiritual presente em todos os continentes — por muito ameaçado que fosse pela opressão do Leste, então comunista, ou pela sociedade de consumo no Ocidente laicizado. Ele é, de longe, a mais importante em número das grandes religiões do mundo, e nem o fascismo e o nazismo, nem o leninismo, o estalinismo e o maoísmo puderam destruí-lo. E embora um grande número de cristãos já não saiba lá muito bem o que fazer da sua pertença eclesial, a verdade é que não quer abandonar o cristianismo.»

Este livro ensina-nos o verdadeiro significado do cristianismo.

Sobre o autor

Hans Kung, filósofo, teólogo. Nomeado oficialmente, em 1962, conselheiro teológico pontificial pelo Papa João XXIII. É professor catedrático de Teologia Dogmática e Ecuménica na Universidade de Tubingen e director do Instituto de Estudos Ecuménicos da mesma Universidade. É professor catedrático não agregado de Teologia Ecuménica desde 1980.

Também pode gostar…

Back to Top