PESQUISAR

Esgotado

O Senhor Cavalo-Marinho (cartonado)

REF.:0010020001907

Out of stock
Entrega no dia útil seguinte!

11,50 IVA inc.

Ficha Técnica

Título: O Senhor Cavalo-Marinho
Autor: Eric Carle
Ano de edição ou reimpressão: 2022
Editora: Kalandraka
Idioma: Português
Dimensões: 127 x 178 x 20 mm
Encadernação: Capa dura
Páginas: 32
Peso: 300g
ISBN: 9789897490668

Sinopse

Na maior parte das famílias de peixes, depois de a mãe pôr os ovos e de o pai os fertelizar, ninguém fica de guarda aos ovos. Mas há excepções, como o cavalo-marinho, o peixe-espinho, a tilápia, o kurtus gulliveri, o peixe-cachimbo, o peixe-gato e outros quantos. Nesses casos, não só um dos progenitores fica a tomar conta dos ovos, com grande esmero, como – surpresa das surpresas – esse progenitor é o pai. Por estranho que pareça, isto é mesmo verdade: acontecem de facto coisas maravilhosas no fundo do mar. E esta é a história desta obra, através do ponto de vista e do percurso do Sr. Cavalo-Marinho.

Dono de um estilo inconfundível, Eric Carle opta aqui por uma proposta que tem o seu maior relevo na utilização de folhas de acetato, intercaladas entre o espaço central das duplas páginas do livro, e que, sobrepondo-se sempre à página da direita, vão escondendo diferentes tipos de peixe. Essas folhas, coloridas com algas, corais ou rochas, cumprem assim uma importante função – a da camuflagem -, quer no desenrolar da história, pelo efeito de surpresa e descoberta que provocam no leitor; quer na própria transposição da história para a vida quotidiana dos animais: camuflados, eles podem efectivamente esconder-se dos predadores, e não só os peixes. A KALANDRAKA editou outras obras deste autor como “A lagartinha muito comilona”, “Queres brincar comigo?”, “Papá, por favor, apanha-me a Lua” , “Sonho de Neve” e “A Joaninha resmungona”.

Sobre o autor

(Siracusa, Nova Iorque, 1929) Autor de mais de 70 livros, Eric Carle começou a ilustrar em 1967, depois de trabalhar numa agência publicitária. Estudou na prestigiada escola de arte “Akademie der Bildenden Künste”, na Alemanha, país onde residiu na sua infância.

Regressou aos EUA em 1952, onde trabalhou como designer gráfico no “The New York Times”. O primeiro livro de sua completa autoria foi “1,2,3, to the Zoo” (1968), ao qual se seguiu “The Very Hungry Caterpillar”. Foi galardoado com os prémios da Feira Internacional do Livro Infantil de Bolonha, da Associação de Livreiros Infantis e da Associação Americana de Bibliotecas. Eric Carle afirmou: “Creio que a passagem de casa para a escola é o segundo maior trauma da infância; o primeiro, certamente, é nascer. Em ambos os casos trocamos um ambiente caloroso e protetor por outro desconhecido. Acredito que as crianças são criativas por natureza e capazes de aprender.

Nos meus livros tento minimizar esse temor, substituí-lo por uma mensagem positiva. Quero mostrar-lhes que aprender é realmente fascinante e divertido.”

Também pode gostar…

Back to Top