PESQUISAR

O Silvo do Arqueiro

REF.:0010010001175

3 em stock
Entrega no dia útil seguinte!

16,60 IVA inc.

Quantidade

Ficha Técnica

Título: O Silvo do Arqueiro
Autor: Irene Vallejo
Ano de edição ou reimpressão: 2022
Editora: Bertrand Editora
Idioma: Português
Dimensões: 151 x 236 x 21 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 208
Peso: 400g
ISBN: 9789722541923

Sinopse

Um romance de aventuras, um romance de guerra, exílio e amor, esta é uma viagem pelos mitos de um passado que ainda ilumina o nosso presente. Quando Eneias, fugindo do saque de Troia com o seu filho, naufraga na costa africana, nas praias de Cartago, o seu destino está nas mãos da rainha Elisa. Herói errante e derrotado, é marcado por uma misteriosa profecia como fundador da vindoura civilização romana. Séculos depois, num tempo circular e envolvente, o poeta Vergílio terá de recriar, por encomenda do imperador Augusto, aquela aventura inicial e as glórias passadas do já vitorioso Império, que esconde abismos de miséria e ganância por trás do seu mármore faustoso.

Num jogo único entre história e lenda, O Silvo do Arqueiro capta o reflexo dos nossos conflitos contemporâneos e a semente de temas que nunca deixarão de nos fascinar: a sombra do poder sobre a liberdade individual; o dilema de um homem que, quando o seu mundo se desmorona, fica dividido entre reconstruir as ruínas ou arriscar construir algo novo; as dificuldades de uma mulher poderosa num universo de homens e o desejo de ser mãe antes de o seu tempo passar; violência, misericórdia, destino ou sorte…

Tecido com as vozes de personagens lendários e, ao mesmo tempo, intensamente vivos, o romance é uma homenagem à arte de contar histórias e ao valor eterno do mito.

Sobre o autor

Irene Vallejo (Saragoça, 1979) é apaixonada pela mitologia grega e romana desde tenra idade. Estudou Filologia Clássica, doutorando-se nas universidades de Saragoça e Florença. É escritora, colunista do El País e do Heraldo de Aragón, palestrante e promotora de educação e do conhecimento sobre o mundo clássico. Partilha com os outros, diariamente, a sua paixão pela Antiguidade, pelos livros e pela leitura.

Em 2020 recebeu o Prémio Nacional de Literatura 2020 (Espanha) na categoria de ensaio com o livro O Infinito Num Junco, que venceu também o Prémio El Ojo Crítico de Narrativa, o Prémio Acción Cívica 2020, o Prémio Las Librerías Recomiendan 2020 e o Prémio Aragón 2021, entre outros.

Back to Top