PESQUISAR

A inteligência da liturgia

REF.:0010100000459

4 em stock
Entrega no dia útil seguinte!

12,00 IVA inc.

Quantidade

Ficha Técnica

Título: A inteligência da liturgia
Autor: Paul De Clerck
Ano de edição ou reimpressão: 2022
Editora: Secretariado Nacional de Liturgia
Idioma: Português
Dimensões: 150 x 210 x 15 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 240
Peso: 290g
ISBN: 9789899081031

Sinopse

A liturgia, no conjunto dos seus gestos e movimentos, nos seus textos e ritos, é portadora de sentido; contém e transmite uma visão e interpretação da existência humana, da fé, do próprio Deus. Vale, pois, a pena – eis o segundo significado do livro – aplicar e empenhar nela a inteligência para apreender todo o seu valor. Surge aqui, porém, o paradoxo. “Não se possui o que de vós se apossa”, diz o poeta.

Uma celebração não se dá a compreender só pela razão. Ação simbólica e ritual, dirige-se ao ser na sua totalidade, corpo e espírito, e apossa-se dele pelos seus cantos, pelo encontro com outrem, pela Palavra de Deus que nela ressoa, pelas luzes que iluminam a Noite. Quando por ela nos deixamos captar, revela todos os seus tesouros e ficamos maravilhados com as riquezas que ela guarda e esconde. Em tom pessoal, o autor mostra e ensina como entrar na liturgia, como ouvi-la e saboreá-la, desde que seja olhada como uma ação comum, que envolve o corpo e implica os sentidos.

O seu significado teológico é também mais forte do que amiúde se suspeita. A liturgia induz os que nela participam a uma peculiar percepção do espaço e do tempo. Comunica-lhes, de forma viva, um sentido da cultura e de Igreja. Estimula-os e modela-os por meio das suas palavras e da sua música, pelos movimentos em que ela os enleia.

Sobre o autor

Paul De Clerck, nascido em Bruxelas em 1939, sacerdote da diocese de Malines-Bruxelas, foi professor do Instituto Superior de Liturgia (Instituto Católico de Paris), do qual foi diretor de 1986 a 2001.

Lecionou no Centro de Estudos teológicos e pastorais de Bruxelas (1970-1998). É membro da Societas liturgica, da qual foi presidente (1989-1991), da Associação Europeia de Teologia Católica, da comissão científica das “Sources liturgiques” e do Instituto de teologia ortodoxo Saint-Serge de Paris.

Back to Top