Pesquisar produto

Fraternidade para curar o mundo

Ref.:0010100000538

3 em stock
Entrega no dia útil seguinte!

3,00 IVA inc.

Quantidade

Ficha Técnica

Título: Fraternidade para curar o mundo
Ano de edição ou reimpressão: 2024
Editora: Secretariado Nacional de Liturgia
Idioma: Português
Dimensões: 148 x 210 x 5 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 56
Peso: 87g
ISBN: 9789899081680

Sinopse

De 8 a 15 de setembro de 2024, a cidade de Quito (Equador) vai vestir-se de festa para o 53.º Congresso Eucarístico Internacional. No entrelaçado colorido das suas ruas coloniais receberá milhares de pessoas provenientes de todo o mundo para celebrar o Mistério da nossa fé e renovar, numa alegre partilha de dons, o amor a Cristo, Pão vivo descido do céu.

Em vista deste evento global, a Comissão Teológica do Comité Local Equatoriano, em colaboração com o Comité Pontifício para os Congressos Eucarísticos Internacionais, elaborou este “texto base” à luz do tema «Fraternidade para curar o mundo». É o instrumento oferecido às Igrejas do Equador e de todos os países para se prepararem frutuosamente para estes dias eucarísticos. Assim, a fraternidade humana que está no centro da reflexão do congresso não permanecerá um sonho, mas encontrará uma maneira de se concretizar a partir da celebração eucarística.

O texto tem o sabor da experiência de fé dos povos latino-americanos, dom que desejam partilhar com quantos queiram participar de alguma forma no Congresso Internacional. A Igreja de Quito vai transformar-se numa tenda eucarística, onde a mesa da Palavra e do Pão nos vai reunir para descobrirmos a presença misericordiosa de Deus que nos ama intensamente e nos torna irmãos e irmãs, filhos do mesmo Pai. O dom pascal do Senhor Ressuscitado, que está no coração de cada Missa e do culto eucarístico da qual adquire o seu significado, ao mesmo tempo que sara as nossas feridas, ajuda-nos a cuidar de cada irmão e irmã.

Elevemos os nossos corações no louvor e peçamos a Deus, com as palavras do Papa Francisco, a graça de «preparar os nossos corações para o encontro com os irmãos independentemente das diferenças de ideias, língua, cultura, religião; que unja todo o nosso ser com o óleo da sua misericórdia que cura as feridas dos erros, das incompreensões, das controvérsias; [peço] a graça que nos envie, com humildade e mansidão, pelas sendas desafiadoras, mas fecundas, da busca da paz» (Fratelli Tutti, 254).

Quito, 16 de junho de 2023, Solenidade do Sagrado Coração de Jesus

Também pode gostar…

Voltar ao topo