PESQUISAR

Novidade

A alegria da Verdade. Veritatis gaudium

REF.:0010110000381

2 em stock
Entrega no dia útil seguinte!

6,00 IVA inc.

Quantidade

Ficha Técnica

Título: A alegria da Verdade. Veritatis gaudium
Autor: Papa Francisco
Ano de edição ou reimpressão: 2018
Editora: Paulus
Idioma: Português
Dimensões: 140 x 210 x 3 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 112
Peso: 160g
ISBN: 9789896736279

Sinopse

Documento papal de revisão e atualização da Constituição Apostólica Sapientia christiana (1979), que havia feito uma reforma dos estudos eclesiásticos à luz da reflexão conciliar seguindo as recomendações do Decreto Optatam totius. Passados quase quarenta anos sobre esse documento, o papa Francisco procede à necessária atualização das normas dos referidos estudos. «[…] permanecendo [a Constituição] plenamente válida na sua visão profética e no seu lúcido ditame, precisa de ser integrada com as disposições normativas entretanto emanadas, tendo em conta, ao mesmo tempo, o desenvolvimento no campo dos estudos académicos que se registou nas últimas décadas, bem como as mudanças no contexto sociocultural a nível global e, ainda, quanto foi recomendado a nível internacional na implementação das várias iniciativas a que aderiu a Santa Sé.

A ocasião é propícia para proceder, com ponderada e profética determinação, à promoção, a todos os níveis, de um relançamento dos estudos eclesiásticos no contexto da nova etapa da missão da Igreja, marcada pelo testemunho da alegria resultante do encontro com Jesus e do anúncio do seu Evangelho, que propus programaticamente a todo o povo de Deus na Exortação Evangelii gaudium» (Proémio, n. 1).

Sobre o autor

Francisco (em latim: Franciscus), nascido Jorge Mario Bergoglio SJ (Buenos Aires, 17 de Dezembro de 1936) é o 266.º Papa da Igreja Católica e actual chefe de estado do Vaticano, sucedendo o Papa Bento XVI, que abdicou ao papado em 28 de fevereiro de 2013.

É o primeiro Papa nascido no continente americano, o primeiro pontífice não europeu em mais de 1200 anos e também o primeiro Papa jesuíta da história. Tornou-se Arcebispo de Buenos Aires em 28 de Fevereiro de 1998 e cardeal-presbítero em 21 de Fevereiro de 2001.

Foi eleito Papa em 13 de Março de 2013.

Back to Top