PESQUISAR

Um Deus que dança

REF.:0010150000195

Em Stock
Entrega no dia útil seguinte!

10,00 IVA inc.

Quantidade

Ficha Técnica

Título: Um Deus que dança
Autor: José Tolentino Mendonça
Ano de edição ou reimpressão: 2019
Editora: Editorial A.O.
Idioma: Português
Dimensões: 135 x 200 x 0.8 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 128
Peso: 170g
ISBN: 9789723908725

Sinopse

Um Deus que Dança – Itinerários para a Oração é, no contexto das obras de José Tolentino Mendonça, um caso particular – porque o seu conteúdo não foi pensado, originalmente, para ser lido, mas para ser escutado. A primeira parte – “Livro das Pausas” – é constituída por um conjunto de meditações intituladas Sete Pausas na Beleza, inspiradas em sete textos bíblicos e compostas para acompanhar o Verão dos milhares de internautas que usam diariamente o site www.passo-a-rezar.net. A segunda parte – “Livro dos Andamentos” – consta de orações poéticas lidas, ao longo de meses, aos microfones da Rádio Renascença.

Na obra agora publicada, estes dois conjuntos integram-se harmoniosamente, constituindo um itinerário orante para o quotidiano da vida cristã. Sem perderem a sonoridade própria do registo áudio para que foram criados, ganham uma força nova, própria da palavra escrita, a que faz inteira justiça o Prefácio de Luís Miguel Cintra, intitulado Oração: “Porque mais do que palavras julgo que a oração é um estado. Um estado de humildade e um estado de alegria”. As orações são ilustradas por João Norton.

Sobre o autor

José Tolentino de Mendonça é poeta, sacerdote e professor.

Nasceu na ilha da Madeira. Estudou Ciências Bíblicas em Roma e vive no Vaticano desde 2018, onde é responsável pela Biblioteca Apostólica e pelo Arquivo Secreto do Vaticano. Em 2019, foi elevado a Cardeal pelo Papa Francisco.

Tem publicado a sua poesia na Assírio & Alvim e, desde 2017, a sua obra ensaística na Quetzal. Para José Tolentino Mendonça, «a poesia é a arte de resistir ao seu tempo».

Os seus livros têm sido distinguidos com vários prémios, entre eles o Prémio Cidade de Lisboa de Poesia (1998), o Prémio Pen Club de Ensaio (2005), o italiano Res Magnae, para obras ensaísticas (2015), o Grande Prémio de Poesia Teixeira de Pascoaes APE (2016), o Grande Prémio APE de Crónica (2016) e, mais recentemente, o prestigiado Prémio Capri-San Michele (2017).

Também pode gostar…

Back to Top