PESQUISAR

Novidade

Metamorfose necessária

REF.:0010090000133

39 em stock
Entrega no dia útil seguinte!

17,70 IVA inc.

Quantidade

Ficha Técnica

Título: Metamorfose necessária. Reler São Paulo
Autor: José Tolentino Mendonça
Ano de edição ou reimpressão: 2022
Editora: Quetzal Editores
Idioma: Português
Dimensões: 150 x 235 x 17 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 184
Peso: 350g
ISBN: 9789897227448

Sinopse

Num mundo em crise, José Tolentino Mendonça propõe-nos a redescoberta de um dos pensadores fundamentais do Ocidente, São Paulo.

O novo livro de José Tolentino Mendonça é uma viagem pela história intelectual do cristianismo: um ensaio sobre São Paulo e o seu contributo para os tempos presentes. Todos ouviram falar de São Paulo, mas quase ninguém o conhece: os seus textos são um clássico não só da religião, mas também da civilização ocidental, e a sua figura é apresentada de forma luminosa neste livro, com o subtítulo Reler São Paulo: «A teologia paulina não só não surgiu como um cogumelo no contexto do cristianismo das origens, mas também não se deixou confinar num esplêndido isolamento. Paulo nunca foi um pregador solitário ou um one man show. Viveu toda a vida num ritmo comunitário, cultivou uma finíssima rede de relações pessoais, tinha um conjunto de colaboradores que partilhavam o seu quotidiano e o seu pensamento, operava numa verdadeira rede social que é parcialmente reconstruível.»

Um livro para retomar o prazer de ler os grandes textos da civilização — e de verificar a sua atualidade. Fundamental.

Sobre o autor

José Tolentino de Mendonça é poeta, sacerdote e professor.

Nasceu na ilha da Madeira. Estudou Ciências Bíblicas em Roma e vive no Vaticano desde 2018, onde é responsável pela Biblioteca Apostólica e pelo Arquivo Secreto do Vaticano. Em 2019, foi elevado a Cardeal pelo Papa Francisco.

Tem publicado a sua poesia na Assírio & Alvim e, desde 2017, a sua obra ensaística na Quetzal. Para José Tolentino Mendonça, «a poesia é a arte de resistir ao seu tempo».

Os seus livros têm sido distinguidos com vários prémios, entre eles o Prémio Cidade de Lisboa de Poesia (1998), o Prémio Pen Club de Ensaio (2005), o italiano Res Magnae, para obras ensaísticas (2015), o Grande Prémio de Poesia Teixeira de Pascoaes APE (2016), o Grande Prémio APE de Crónica (2016) e, mais recentemente, o prestigiado Prémio Capri-San Michele (2017).

Também pode gostar…

Back to Top