Pesquisar produto

Novidade

Coragem de ser biblicamente cristão

Ref.:0010060001095

13 em stock
Entrega no dia útil seguinte!

16,00 IVA inc.

Quantidade

Ficha Técnica

Título: Coragem de ser biblicamente cristão
Autor: Manuel Alexandre Júnior
Ano de edição ou reimpressão: 2024
Editora: Paulinas
Idioma: Português
Dimensões: 160 x 230 x 15 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 224
Peso: 360g
ISBN: 9789896739522

Sinopse

No mundo contemporâneo, o cristão vê a sua fé repetidamente posta em causa, seja por provocações vindas da filosofia, seja pelas questões que algumas descobertas científicas recentes parecem levantar, seja ainda pela pressão que o crente sofre de todos os lados para se conformar aos valores morais vigentes, crescentemente desalinhados do património ético de matriz bíblica.

Em Coragem de ser biblicamente cristão, Manuel Alexandre Júnior convida os leitores a não se acanharem e a assumirem, sem complexos de inferioridade, a sua fé, argumentando que a Bíblia, enquanto testemunho privilegiado da autorrevelação de Deus culminada na pessoa de Cristo, merece absoluta confiança, oferecendo uma orientação sólida, insuperável e especialmente persuasiva ao ser humano em busca da salvação.

Sobre o autor

Manuel Alexandre Júnior (n. 1936) é professor catedrático jubilado da Universidade de Lisboa, diretor emérito do Seminário Teológico Baptista e pastor emérito da Igreja Baptista da Amadora. Foi professor associado extraordinário de Teologia Reformada da Faculdade de Teologia da North-West University, África do Sul (2012-1019) e é professor de Novo Testamento do Seminário Teológico Baptista. Recebeu vários prémios de mérito e excelência em cultura bíblica, educação teológica, aconselhamento bíblico e tradução (pela tradução da Retórica de Aristóteles). Integrou a equipa de tradução/revisão de A Bíblia para todos. É autor de dezenas de livros e centenas de artigos, trabalhando sobretudo na área da Literatura Grega, em particular o Novo Testamento e hermenêutica e exegese retóricas do texto bíblico.

Voltar ao topo