PESQUISAR

Novidade

Creio em Jesus, o Filho de Deus

REF.:0010060000911

4 em stock
Entrega no dia útil seguinte!

6,00 IVA inc.

Quantidade

Ficha Técnica

Título: Creio em Jesus, o Filho de Deus
Autor: D. Manuel Madureira Dias
Ano de edição ou reimpressão: 2021
Editora: Secretariado Nacional de Liturgia
Idioma: Português
Dimensões: 160 x 230 x 13 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 184
Peso: 300g
ISBN: 9789898877833

Sinopse

O autor concentra-se no essencial da fé. Seguindo a prática pastoral da Igreja primitiva, debruça-se criteriosamente sobre os temas mais iluminadores do Evangelho, como sejam a luz, a vida nova, a água viva, o dia sagrado, o bom pastor, o pão da vida, a ressurreição de Lázaro e a hora de Jesus que preparam e iluminam o mistério pascal da Morte e Ressurreição de Jesus, e só depois, reflete sobre o mistério da Encarnação do Verbo, com referência sintética, objetiva, precisa e esclarecedora às heresias cristológicas dos primeiros séculos.

Ao longo desse percurso de análise e interpretação dos textos evangélicos, clarifica o sentido da profissão de fé em Jesus Cristo, recolhida no símbolo niceno-constantinopolitano e que é apresentada no fim.

Sobre o autor

Manuel Madureira Dias, nasceu a 7 de janeiro de 1936, em Tarouquela, concelho de Cinfães e foi baptizado a 11 de janeiro do mesmo ano, na terra natal. Fez a escola primária na terra de origem e completou os estudos humanísticos e filosófico-teológicos nos Seminários da Arquidiocese de Évora.

Licenciou-se em Teologia, na Universidade Gregoriana de Roma; e, em Filosofia, na Universidade de Coimbra. Foi ordenado Presbítero, para a diocese de Évora, em 25 de junho de 1961. Na diocese, para que fora ordenado, exerceu os cargos de Prefeito e Vice-Reitor do Seminário Maior, durante seis anos; foi Pároco, em Elvas, durante oito anos. Leccionou Teologia no Seminário Maior de Évora, e, mais tarde, no Instituto Superior de Teologia na mesma cidade. Recebeu a ordenação episcopal em 19 de junho de 1988.

Entrou na diocese do Algarve, como bispo dessa diocese, em 10 de julho de 1988, onde exerceu o seu múnus pastoral até 27 de junho de 2004. Por necessidade de dar resposta a algumas urgências pastorais, publicou alguns pequenos livros de índole pastoral e catequética.

Por motivos de falta de saúde pediu dispensa do exercício da missão episcopal, aos sessenta e sete anos de idade. Desde então, reside em Évora, onde colabora com o Pároco local.

Também pode gostar…

Back to Top