PESQUISAR

Gramática do Grego do Novo Testamento

REF.:0010060000617

1 em stock
Entrega no dia útil seguinte!

60,00 IVA inc.

Ficha Técnica

Título: Gramática do Grego do Novo Testamento
Autor: James Swetnam
Ano de edição ou reimpressão: 2016
Editora: Paulus
Idioma: Português
Dimensões: 160 x 230 x 23 mm (Vol 1); 160 x 230 x 18 mm (Vol 2)
Encadernação: Capa mole
Páginas: 792
Peso: 2324g
ISBN: 9788534920018

Sinopse

O grande conhecimento do grego, aliado à experiência no ensino, levou James Swetnam, o professor de grego do Novo Testamento (koiné) do Pontifício Instituto Bíblico de Roma, a produzir esta primeira parte da Gramática do Grego do Novo Testamento (vol. I e II).

Frutos de mais de 30 anos de pesquisa, seus livros são dirigidos tanto aos que estudam o grego bíblico como aos desejosos de estudar de forma autodidática a língua do Novo Testamento (NT). Esta gramática é adotada no Pontifício Instituto Bíblico de Roma, na formação de todos os estudantes que iniciam o curso. Dividida em dois volumes, esta primeira parte apresenta a morfologia do grego do NT dentro de um plano de organicidade progressiva, onde o vocabulário e as regras gramaticais são lentamente apresentados, levando o estudante à sua familiarização gradativa.

Textos permeiam a obra continuamente. Deste modo, a alegria de sentir e compreender o texto vai-se tornando passo a passo mais intensa, até que ao fim o estudante percebe que adquire o vocabulário fundamental e as regras básicas para bem ler e compreender a língua em que os escritores do Novo Testamento apresentaram a Boa Nova.

Os volumes

O primeiro volume compõe-se de 100 lições cuidadosamente planejadas, com os títulos definindo todo o conteúdo de cada lição; o desenvolvimento de cada item do título; regras progressivas de acentuação; um vocabulário progressivo (selecionado a partir da freqüência da ocorrência dos termos) e exercícios de uso da língua. Estes, em geral, são citações de trechos do NT, que se dividem em passivos (tradução do grego para o português) e ativos (tradução do português para o grego), cada lição se encerrando com a leitura de um trecho dos evangelhos, destinado à familiarização com a língua.

O segundo volume, também com 100 lições, apresenta as chaves dos exercícios do primeiro. A seguir temos os paradigmas de flexão de todos os termos gregos, incluindo declinação de nomes e adjetivos, conjugação de verbos regulares e irregulares, enunciado dos verbos difíceis (irregulares) e, encerrando, cinco índices para a localização de palavras em grego ou em português dos assuntos tratados, dos textos bíblicos constantes na gramática bem como nas regras de acentuação.

Gramática do Grego do Novo Testamento é recomendado a todos os interessados em aprofundar o conhecimento do Novo Testamento. Além do prazer de sentir em concreto as palavras com que a Boa Nova foi anunciada, o estudioso terá o gosto de perceber a língua original que, por melhor que seja traduzida em nossas línguas modernas, jamais esgotará a capacidade significativa dos termos ouvidos pelas primeiras comunidades cristãs da Palestina, da Ásia Menor e da antiga Europa.

A Boa Nova da salvação está, sem dúvida, muito além das palavras. Todavia, as palavras são passos para chegarmos até ela, ouvi-la e pô-la em prática. É daí que surge a experiência da vida em profundidade e eternidade, ou seja, a vida plena de sentido que jamais se esgota e, por isso, é para sempre e eternamente. Para os que compreendem isso de coração apaixonado, estudar o grego e ir até a fonte da palavra é um prazer. Também é necessidade que vem de encontro à gratidão para com a palavra de Deus que veio para transformar, e não volta a Deus sem ter cumprido sua missão. O evangelho segundo João começa: No princípio era a Palavra… E nós poderíamos acrescentar: No fim, será a mesma Palavra!

Com estas duas obras em mãos, o leitor amante da Palavra de Deus poderá tranquilamente manusear com maior compreensão e proveito todo o Novo Testamento.

Também pode gostar…

Back to Top