PESQUISAR

O coração do mundo

REF.:0010060000932

3 em stock
Entrega no dia útil seguinte!

15,75 IVA inc.

Quantidade

Ficha Técnica

Título: O coração do mundo
Autor: John Henry Newman
Ano de edição ou reimpressão: 2021
Editora: Tenacitas
Idioma: Português
Dimensões: 140 x 215 x 15 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 232
Peso: 350g
ISBN: 9789898665515

Sinopse

Figura de relevo da cultura europeia do século XIX, John Henry Newman é objeto de novo e crescente interesse, despertado pela sua beatificação em 2010 por Bento XVI e pela sua canonização em 2019 pelo Papa Francisco, assim como pela atualidade do seu pensamento nos campos filosófico, teológico, literário e educativo.

Esta recolha de textos, retirados das suas obras mais importantes, pretende delinear, de um modo simples e a todos acessível, um perfil do pensamento e da figura de Newman, para que um número cada vez maior de leitores possa abordar os escritos deste grande autor.

Sobre o autor

John Henry Newman, CO nasceu em Londres, a 21 de fevereiro de 1801, e faleceu em Edgbaston, a 11 de agosto de 1890. Foi um sacerdote anglicano inglês convertido ao catolicismo, posteriormente nomeado cardeal pelo Papa Leão XIII em 1879. Foi beatificado no dia 19 de setembro de 2010 pelo Papa Bento XVI e posteriormente canonizado pelo Papa Francisco, no dia 13 de outubro de 2019.

Estudou no Trinity College de Oxford (1816) e no Oriel College (1822) e foi ordenado sacerdote da Igreja Anglicana. Tornou-se mais tarde num dos líderes do “Movimento de Oxford”. Considerava o anglicanismo do seu tempo excessivamente protestante e laicizado e considerava o catolicismo corrompido em relação às origens do Cristianismo. Procurou uma “via média” entre os dois, e, pesquisando sobre os primórdios da Igreja Católica e do Cristianismo em geral, acabou por se converter ao catolicismo.

Depois da sua conversão ao catolicismo (1845), foi ordenado sacerdote da Igreja Católica em Roma (1847), abriu e dirigiu em Birmingham um oratório de São Filipe Néri e foi ainda reitor da Universidade Católica da Irlanda (1854).

Back to Top